AS CRIANÇAS TEM DIREITOS

As crianças não são uma mercadoria. Eles não existem para a realização dos adultos.

AS CRIANÇAS TEM DIREITOS

As crianças têm um direito natural à mãe e ao pai.

DIREITOS NATURAIS VERSUS DIREITOS LEGAIS

  • Os direitos naturais são aqueles que não dependem das leis ou costumes de nenhuma cultura em particular.
  • Os direitos legais são aqueles concedidos a uma pessoa por um determinado sistema legal.

A justiça é feita quando os direitos legais são informados pelos direitos naturais.

OS DIREITOS DAS CRIANÇAS SÃO O LADO DOS DIREITOS DOS PAIS

Na relação pai-filho, os direitos são simbióticos; o direito inerente que uma mãe e um pai possuem de criar seu filho está ligado ao fato de que eles são as duas únicas pessoas responsáveis ​​por trazer seu filho à existência.

"Os pais biológicos têm uma obrigação estritamente intransferível de amar os próprios filhos, obrigação essa que pesa, dada a proximidade única da relação biológica pai-filho e a importância desse benefício para o bem-estar da criança.” – Especialista em Direitos dos Pais Melissa Mochella

Os pais não saem da maternidade com qualquer bebê; eles saem com seu bebê. A relação singular dos pais com o filho confere o direito de criá-lo. Da mesma forma, a relação singular entre pais e filhos confere à criança o direito de ser criada por sua mãe e seu pai. Os pais têm o direito de sair da maternidade com o bebê e o bebê tem o direito de sair da maternidade com os pais.

TRÊS REGRAS QUE O TORNAM UM DIREITO:

1. Um direito natural existe antes do governo.
2. Ninguém tem de lhe conceder um direito natural.
3. Um direito natural é distribuído igualmente, ninguém nasce com maior ou menor potencial para exercer esses direitos.

OS FILHOS TEM UM DIREITO NATURAL A SEUS PAIS:

  • A relação pai-filho existia antes de qualquer governo. É o mais pré-governo possível.
  • Ninguém fornece às crianças seus pais biológicos. Se existe uma criança, também existe sua mãe e
    pai.
  • Todo mundo tem a mesma quantidade de mãe e pai, todos nós temos exatamente dois biológicos, nada mais e nada
    Menos.

O direito legal de uma criança a seus pais pode variar, o direito natural que as crianças têm tanto para sua mãe quanto para seu pai
é indiscutível.

DIREITO À VIDA, DIREITO AOS PAIS

Se você acredita no direito natural de uma criança à vida, acreditar que uma criança tem direito a seus próprios pais seguirá naturalmente, porque ambas as crenças passam no teste das Três Regras que Fazem o Certo. Aborto e reprodução por terceiros (doação de esperma/óvulos e barriga de aluguel) são dois lados da mesma moeda de mercantilização infantil:

O aborto e as tecnologias reprodutivas são centrados no adulto. Os pró-aborto medem o sucesso pela satisfação dos adultos com o resultado do aborto e desconsideram o direito à vida da criança. #BigFertility mede o sucesso pela satisfação dos adultos com o produto infantil e desconsiderando o direito da criança à mãe ou ao pai.

Os defensores do aborto acreditam que, se uma criança é indesejada, você pode forçá-la a deixar de existir violando seu direito à vida. A #BigFertility acredita que, se uma criança é muito desejada, você pode forçá-la a existir violando seu direito à mãe e ao pai.

OS DIREITOS DA CRIANÇA SÃO RECONHECIDOS EM TODO O MUNDO

As Nações Unidas consagrou o direito das crianças de serem conhecidas e amadas por ambos os pais na Convenção sobre os Direitos da Criança – o tratado de direitos humanos mais amplamente ratificado na história.

DEMOCRATAS E REPUBLICANOS DEVEM UNIR-SE PARA DEFENDER OS DIREITOS DA CRIANÇA

Nem os democratas que se preocupam com a justiça social, nem os republicanos que buscam um governo limitado conseguirão o que querem até que defendamos os direitos das crianças a seus pais. Isso porque a perda dos pais está no cerne dos males sociais que ambas as partes procuram resolver.

  • 90% dos jovens sem-teto e fugitivos são órfãos. A falta de moradia e a vida de fugitivo são portas comuns para o tráfico sexual.
  • 70% a 85% dos presos cresceram sem pai.
  • 63% dos adolescentes que cometem suicídio têm pais ausentes.
  • 71% das adolescentes grávidas vêm de lares sem pai.
  • 71% dos desistentes do ensino médio vêm de lares sem pai.

Republicanos- O governo pequeno é impossível sem o Grande Casamento.
Democratas- Não haverá justiça social até que garantamos justiça para as crianças individualmente.

OS ADULTOS PRECISAM FAZER COISAS DIFÍCEIS PARA QUE AS CRIANÇAS NÃO TENHAM DE FAZER

As crianças vêm perdendo seus pais para a tragédia desde o início dos tempos. Mas hoje em dia, a maioria das crianças está sem pai ou mãe não por causa da tragédia, mas porque o desejo adulto é priorizado acima dos direitos das crianças.

Nossa missão é torná-los antes de nós mais do que apenas um nome cativante de três palavras para nossa organização sem fins lucrativos. Queremos que eles venham diante de nós nas mentes de todos os adultos; pretendemos corrigir a perspectiva errada e reorientar a forma como os adultos vêem as crianças.

Them Before Us acredita que os adultos devem fazer os sacrifícios necessários, para que as crianças não precisem.

Trechos do capítulo 1 de “Eles antes de nós: por que precisamos de um movimento infantil global”

Confira nosso novo livro!

Este livro combina pesquisa padrão-ouro com centenas de histórias de crianças, muitas das quais nunca foram contadas antes.

Chinese (Traditional)CzechEnglishFrenchGermanKoreanLatvianPolishPortugueseSlovakSpanish
Compartilhe Este